Nunes Pacheco - Cerimonial e Assessoria
A arte de fazer orçamento
Seja uma festa íntima ou um evento grandioso... Em geral a primeira, no máximo a segunda pergunta do cliente ou do anfitrião é: quanto irá custar? Fechar um orçamento justo é uma arte. E adequar ao bolso do cliente, eu diria, é um desafio. Mas quem quer trabalhar sério na área de eventos, precisa saber equacionar o sonho da festa ao orçamento do cliente. E isso é possível. Como?
Bem na minha experiência, aprendi que a elegância e o bom gosto não estão ligados diretamente a alto custo, mas sim à alta criatividade e a um detalhado trabalho de pesquisa.

Hoje está muito mais fácil buscar novos fornecedores. Basta uma consulta bem feita no mercado e na internet para se ter na mão uma bela lista de fornecedores. Eu ainda acredito que uma boa conversa é o primeiro passo para a pré-seleção dos fornecedores. E com a lista dos “finalistas” vou pessoalmente visitar cada fornecedor, ver em loco os móveis, os arranjos ou provar dos quitutes.

Também faço questão de conhecer o estabelecimento e a infra-estrutura da empresa. Evento é único, não dá para refazer. É claro que tenho uma carteira de fornecedores nota 10, aqueles cuja a confiança na qualidade é comprovada. Esses são mais do que prestadores de serviços, são parceiros de muitas festas, que conseguem adequar valores e abusar também da criatividade para prestar o melhor atendimento ao nosso cliente.

Fornecedores e parceiros escolhidos é hora de fechar o orçamento. E mais uma vez a organização só vem ajudar. Eu monto uma planilha personalizada, na qual o cliente consegue visualizar de maneira integral o valor de cada serviço. Às vezes me perguntam: o que é mais caro em um evento? Minha resposta é sempre: depende. Cada evento tem um ponto alto, um foco principal. É nesse foco que eu vou dispensar mais criatividade e reservar um budget maior.

É importante incluir nos orçamentos aqueles serviços de bastidores: motoboys, recepcionistas, pessoal de limpeza, acessórios de banheiro, suporte, enfim. São trabalhos que passam despercebidos, mas que como todos os outros são importantes para que a comemoração seja um sucesso. Enfim, orçamento é o primeiro a ser questionado e o último a ser concluído, é a espinha dorsal de qualquer evento. E ser um craque nessa tarefa, faz toda a diferença.
Fonte: Vera Simão

Ver Todos
Jogo de contrastes
Descubra o que o formato da pedra do anel de noivado revela sobre a noiva
Conheça 12 destinos deslumbrantes para passar a lua de mel
Acompanhe a evolução dos vestidos de noiva ao longo dos séculos 20 e 21
Chuva de arroz, bolhinha de sabão, confete e outras idéias para casamento
O Anel de Noivado
O Buquê de Noiva
O Vestido de Noiva
Noivos buscam personalização até nas alianças
Personalidade e idade ajudam a não errar na escolha da daminha e pajem
Nunes Pacheco - Cerimonial e Assessoria