Nunes Pacheco - Cerimonial e Assessoria
Casamento civil: prazos, documentos e regimes de bens
Prazos

Os noivos devem comparecer ao cartório para dar entrada no processo de habilitação para o casamento civil com antecedência de 30 a 60 dias da data pretendida.

Documentos necessários

- solteiros : RG original, Certidão de Nascimento original

- divorciados : RG original, Certidão de Nascimento original, Certidão de Casamento c/ averbação de divórcio original, cópia da Carta de Sentença do Divórcio

- viúvos : RG original, Certidão de Nascimento original, Certidão de Casamento com anotação de óbito original ou Certidão de Óbito original do cônjuge falecido, cópia do Formal de Partilha

Regimes de bens

- comunhão parcial de bens : é o regime de bens que vigora no casamento, caso os noivos não se manifestem quando dão entrada ao processo de habilitação. Neste regime, a propriedade comum dos bens do casal é aquela adquirida após a data do casamento e com os rendimentos do trabalho de um e outro cônjuge. Os bens que cada um dos cônjuges leva para o casamento não é considerado patrimônio comum do casal, assim como heranças e doações (mesmo depois da data do casamento).

- comunhão universal de bens : é o regime de bens que torna comum tudo o que o casal possui, tanto os bens atuais quanto os futuros (incluindo herança e doações). Este regime deve ser adotado mediante a lavratura de escritura pública como condição para sua validade.

- separação total de bens : é o regime que garante a propriedade individual de todos os bens, atuais e futuros, a cada um dos cônjuges. Este regime deve ser adotado mediante a lavratura de escritura pública como condição para sua validade. Este regime é obrigatório aos noivos menores de 16 anos e aos maiores de 60.

- participação final nos aqüestos: neste regime, cada cônjuge pode administrar seus bens de forma autônoma, já que o patrimônio dos cônjuges não se mistura. Mas, como no regime de comunhão parcial, os bens serão partilhados na dissolução do casamento (divórcio)

Importante: é possível alterar o regime de bens após a data do casamento, mediante autorização judicial e acordo de ambos os cônjuges.
Fonte: Constancezahn

Ver Todos
Jogo de contrastes
Descubra o que o formato da pedra do anel de noivado revela sobre a noiva
Conheça 12 destinos deslumbrantes para passar a lua de mel
Acompanhe a evolução dos vestidos de noiva ao longo dos séculos 20 e 21
Chuva de arroz, bolhinha de sabão, confete e outras idéias para casamento
O Anel de Noivado
O Buquê de Noiva
O Vestido de Noiva
Noivos buscam personalização até nas alianças
Personalidade e idade ajudam a não errar na escolha da daminha e pajem
Nunes Pacheco - Cerimonial e Assessoria